OAB/MS nomeia Comissão para vistoriar presídios do Estado

http://www.oabms.org.br

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Júlio Cesar Souza Rodrigues, nomeou nesta segunda-feira (13) a Comissão Provisória do Sistema Carcerário de MS. O grupo formado por oito advogados irá visitar os presídios e verificar as condições dos presos, como por exemplo, a superlotação nas celas.

De acordo com Júlio Cesar, a Comissão vai contribuir na cobrança de melhorias para os problemas enfrentados hoje no Estado. Em Campo Grande, 3.811 presos masculinos em regime fechado ultrapassam a capacidade de 1.176 vagas existentes. “A quantidade de presos é três vezes maior que a capacidade”, diz Júlio Cesar. O presidente compara a situação de Campo Grande com a de Porto Alegre (RS). O Presídio Central da capital gaúcha foi construído para abrigar 2.069 presos e atualmente são 4.440, mais da metade.

Devido ao caos do sistema prisional brasileiro, as constantes rebeliões e as recentes notícias sobre a situação deflagrada nos presídios do Maranhão e Rio Grande do Sul, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) iniciou o mutirão nacional para inspecionar os presídios em todos os Estados. Em Mato Grosso do Sul, a superlotação é crítica, com 12.400 presos em uma capacidade de lotação de 6.446, o que representa um déficit de 5.954 vagas. Outro dado alarmante, segundo a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), é que enquanto a média nacional de presos é de 258 presos para cada 100 mil habitantes, em Mato Grosso do Sul o número chega a 500.

“Nosso Estado possui uma das três maiores populações carcerárias do Brasil e vivemos um caos que retrata a insegurança dos brasileiros. O crime organizado de dentro dos presídios tem alimentado a violência nas cidades. O poder público tem se mostrado ineficiente para resolução desse grave problema”, aponta o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues.

O presidente da OAB/MS nomeou o advogado Carlos Magno Couto como presidente da Comissão, Luiz Carlos Saldanha Júnior vice-presidente e Márcio Widal de secretário-geral. Os advogados Mauro Sandres, Jhonny Alves, Eliane Leandro Dias, Caio Magno Ducan Couto e o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MS, Joatan Loureiro da Silva, integram a Comissão.

Anúncios

Uma opinião sobre “OAB/MS nomeia Comissão para vistoriar presídios do Estado

  1. Já estava na hora de olharem para este problema, é preciso investir nos presídios; pode parecer uma utopia; mas se houver investimento dentro dos presídios como: escola, cursos profissionalizantes, religião que é fundamental etc. É uma forma de dar oportunidade para aqueles que querem sair do crime é uma chance de ressocializar e transformar sua vida e de sua família. Muitos que saem dos presídios ficam perdidos não tem profissão e com dificuldades de conseguir emprego; sem expectativas acabam voltando para o crime. Que maravilha que começaram a olhar para este problema, a sociedade quer se sentir segura; parabéns a todos que irão trabalhar nesta missão difícil e árdua. Deus abençoe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s