OUÇA: Estado não cumpre lei de execuções penais no sistema carcerário

Fonte: http://www.radiowebms.com.br

Ouça o áudio em: http://radiowebms.com.br/portal/audios/29269-ouca-estado-nao-cumpre-lei-de-execucoes-penais-no-sistema-carcer.html

Campo Grande (MS)- A Comissão Temporária do Sistema Carcerário da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de MS, visitou 12 unidades prisionais do Estado, tanto na Capital quanto no interior. Após sete meses de trabalho, o grupo apresentou relatório sobre a situação carcerária de MS. Márcio de Campos Widal Filho, relator da comissão afirma que pelos números, o Estado hoje não consegue cumprir as obrigações legais previstas na Lei de Execuções Penais.

Hoje são mais de 12.400 presos, sendo 90% nas unidades masculinas. A maioria, 41%, estão relacionados com crimes de tráfico de drogas. Para o advogado, o documento revela que a função da pena, de ressocializar o detento, está longe de ser cumprida.

O documento será encaminhado para autoridades do Estado e aponta a alta de mais de 6.500 vagas no sistema, sendo que os projetos de construção de novos presídios, prevê a criação de 1.600 vagas. Márcio de Campos Filho informa que a comissão vai iniciar uma fiscalização sobre o cumprimento da lei de execuções penais.

O projeto de ampliação de unidades e construção de novas unidades prevê vagas abertas em Campo Grande e mais 9 cidades.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s